was successfully added to your cart.

Campanha Lixo seguro

De 15 Maio, 2020 Dicas, Ecologia

Proteção talvez seja das palavras mais usadas nesta época que estamos a vivenciar. Na 100 Metros fala-se de proteção desde a sua origem. É esta a nossa essência, proteger as criações dos nossos parceiros e clientes.

No entanto, neste momento, mais importante que proteger qualquer criação inanimada, é que possamos contribuir para a proteção da criação humana que nos rodeia. Envoltos em máscaras, viseiras, luvas e álcool, procuramos proteger-nos a nós e aos nossos, da melhor forma que conseguimos.

Mas, para que todos continuemos a ter uma vida digna e relativamente normal, existem outras pessoas que se sacrificam, que põem em risco a sua vida, e continuam a exercer as suas atividades profissionais para o nosso bem-estar, independentemente do que isso pode significar para a sua saúde e vida.

E se pudéssemos além de bater palmas, fazer algo que facilitasse o trabalho desses profissionais?

Talvez nem nos apercebamos, mas existem profissionais, que pelo tipo de atividade que exercem, passam despercebidos, muitas vezes encobertos pela noite, mas que sem eles, as nossas ruas e casas não seriam a mesma coisa.

A recolha de lixo, é essencial para a nossa saúde e bem-estar!

Possivelmente nem pensou nisso, mas esses profissionais correm riscos, porque estão em contacto com o lixo de todos nós. Tanto dos saudáveis, como dos infetados pelo COVID-19. Tanto dos sintomáticos como dos assintomáticos.

Nunca alguém lhes bateu palmas, mas com certeza que eles prefeririam que tivéssemos os cuidados necessários com o nosso lixo:

1. Coloque sempre o lixo em sacos resistentes;

2. Use apenas 2/3 da capacidade do saco;

3. Feche sempre muito bem o saco do lixo;

4. Se estiver infetado, após fechar o saco coloque-o entro de outro saco;

5. Todos os objetos como máscaras e luvas potencialmente infetados devem ser colocados no lixo indiferenciado pois não podem ser reciclados;

6. Se o contentor estiver cheio não coloque o lixo no chão. Pode colocar noutro contentor ou aguardar que a recolha do lixo seja efetuada.

Os trabalhadores do setor de recolha e tratamento de resíduos vão agradecer se para além de batermos palmas, cumprirmos este nosso dever cívico.

Artigo De Joel Dias – Diretor Comercial 100 Metros